Começa na
segunda-feira 19/02/2018
às 20h

Vedanta é o nome dado ao conhecimento que permite encontrar profunda satisfação, inabalável segurança, irrestrita liberdade e coragem emocional. De posse dessas competências, fica fácil lidar com as pressões do mundo, da família e da própria mente com seus desejos, neuroses e instintos.

Esse conhecimento foi acumulado por grandes sábios no decorrer de muitos séculos de reflexões filosóficas e experimentações psicológicas. Não envolve crenças. Envolve o exercício ousado do questionamento e da compreensão.

Esse curso permite aos participantes a apropriação desse conhecimento, desenvolvendo neles as competências que permitem uma vida mais eficiente, significativa, com menos desgaste e sofrimentos e mais satisfação.

No curso discutiremos os temas centrais da busca humana pela felicidade: 

  • Se você busca a felicidade continuamente, se se sente à vontade com a felicidade, será que isso indica que sua natureza é felicidade e, por isso sente-se como peixe na água quando sente felicidade? E se sua natureza é felicidade por que é que não a vivencia o tempo todo? O que é a felicidade? De que ela depende? O que é o sofrimento? Como lidar eficientemente com ele? 

Analisaremos alguns fatos que, se devidamente compreendidos, mudam a forma como lidamos com os eventos da vida. Por exemplo:

  • Tudo é impermanente: os pensamentos, as emoções, as sensações, as situações, as pessoas, os relacionamentos, a sociedade, o mundo. A aceitação desse fato nos permite lidar muito melhor com as continuas perdas e começos.
  • Tudo é interdependente: quando você faz algo, você não faz sozinho. Você age influenciado pelos seus genes, pelos seus hormônios, pelo estado de vitalidade ou cansaço do corpo, pelos valores que assimilou em sua cultura, pela situação familiar e social, pela sua situação afetiva, econômica, de saúde, etc. Entendendo isso: é mesmo você quem age? ou é o universo que age através de você?
  • Você não tem controle sobre sua vida: Seu conhecimento é limitado, seu poder é limitado, seus recursos são limitados. Então, como esperar ter sucesso sempre, como cobrar-se perfeição ou como julgar-se em função do próprio desempenho?

As aulas são dinâmicas e tomam a forma de ricas discussões e reflexões. 

Esse é um curso para quem sente que o conforto é bem-vindo mas todo o conforto de mundo é incapaz de saciar um coração sedento de infinito, que sonha com algo maior, que tem sede de plenitude, que tem a intuição de que algo mais profundo existe e precisa ser encontrado.

O Curso contempla importantes textos da tradição. Cada módulo tem 20 aulas de duração e é possível ingressar no início de qualquer um dos módulos.  Veja a seguir o programa do Curso.

Conteúdo do Curso

1.     Sadhana Pancakam 

Sadhana Pancakam é um texto de Adi Shankaracarya, grande professor que comentou as principais Upanishads, Bhagavad Gita e Brahma Sutra. Nele é oferecido todo o ensinamento de Vedanta, os meios para se alcançar Moksha, a liberação final. Vários conceitos importantes são apresentados de forma simples e profunda neste belo trabalho, como: etapas e orientações de como nos conduzirmos na vida diária, Dharma, Karma, Bhakti; a natureza do mundo, do individuo e de Deus e a relação entre eles.

 

2.      Versos da Kena Upanishad

Assim como as demais Upanishads, Kena traz à tona Brahmavidya, o conhecimento a respeito do Absoluto, além disso, a igualdade entre Brahma e o Eu, Atma. Sob outro ponto de vista, o estudo da Upanishad nos possibilita mergulhar no auto-questionamento em busca da Compreensão.


Ministrante: 

Cecilia Muzetti de Castro

Ela é formada em Educação Física (2003) com Mestrado pela Unicamp, com o tema Yoga e Saúde. Também, atuou como pesquisadora do LAPACIS/Unicamp . É formada como professora de Yoga pelo Instituto Ísvara (2005) e em Pilates pelo Movimento Centro de Estudos e Terapias (2012). 

Estudou Vedanta, sânscrito e Mantras com Sonia Novaes, Paula Ornellas e Gloria Arieria, na linhagem de Swami Dayananda Sarasvati.

Visitou a Índia em 2008 e 2015 buscando absorver a essência da cultura védica e aprimorar seus conhecimentos. Percorreu diversos lugares do norte e do sul do país, realizando diferentes práticas de Yoga e vivenciando o cotidiano de ashrams tradicionais que preservam intacta a cultura milenar.